/home/crp03/public_html/wp-content/themes/crp-03/single.php
Início  →  Destaque Principal  →  Data é símbolo de resistência e luta contra o racismo

Data é símbolo de resistência e luta contra o racismo


A data de hoje é resultado do 1º Encontro de Mulheres Afro-latino-americanas e Afro-caribenhas, realizado na República Dominicana, em 1992. Neste evento foi criada a Rede de Mulheres Afro-latino-americanas e Afro-Caribenhas que lutou pelo reconhecimento deste dia. Por conta disso, o mês de julho é conhecido como Julho das Pretas. 

Aqui no Brasil, a Lei N° 12.987, sancionada em 2014, dispõe sobre a criação do Dia Nacional de Tereza de Benguela e da Mulher Negra. Tereza de Benguela foi uma líder quilombola, símbolo de luta e resistência contra a escravidão, que viveu na década de XVIII, no estado do Mato Grosso. 

É importante destacar que as mulheres negras figuram em posições de vulnerabilidade, sobretudo quando falamos de assédio, feminicídio, mercado de trabalho, violência entre outras situações vivenciadas exclusivamente por ser uma mulher negra.

Nesta data, o CRP-03 reforça a necessidade de se fazer uma Psicologia comprometida com o enfrentamento ao racismo estrutural e na promoção de uma sociedade mais equânime e igualitária. 

Skip to content