/home/crp03/public_html/wp-content/themes/crp-03/single.php
Início  →  Notícias  →  CRP-03 reitera, junto à União, Estado e Municípios, importância da atuação da Psicologia nas emergências e desastres

CRP-03 reitera, junto à União, Estado e Municípios, importância da atuação da Psicologia nas emergências e desastres


Diante da tragédia e devastação ocasionada pelas fortes chuvas que atingiram diversas cidades do estado desde o início de dezembro, o Conselho Regional de Psicologia da Bahia – 3ª Região (CRP-03) tem atuado em ações a fim de contribuir para a tomada de decisões para assistência às vítimas.

Uma das frentes tem sido a constante tentativa de diálogo com o poder público para a adoção de medidas necessárias na atual situação de emergência e desastres, alertando para a atenção à saúde mental.

Gestoras e gestores baianas/os estão sendo orientadas/os sobre a necessidade do suporte psicológico e psicossocial ser inserido como cuidado primário no campo dos desastres. A resposta de saúde mental não deve ser deixada em segundo plano e deve ser priorizada tanto para as pessoas afetadas, para as/os trabalhadoras/es envolvidas nos primeiros socorros e cuidado continuado, assim como para as/es gestoras/es públicas/os que estão vivenciando esse desastre na ponta.

A autarquia está oficiando municípios, o Estado da Bahia e a União para reiterar a necessidade de ações para prestação de serviços de Psicologia nas regiões afetadas, destacando a importância da atuação da Psicologia nas emergências e desastres, uma vez que a/o psicóloga subsidia intervenções terapêuticas de apoio, compreensão, bem como a superação do trauma psicológico às vítimas e às/aos profissionais.

Desta forma, o nosso trabalho com saúde mental em desastres, segundo a Organização Mundial de Saúde (2020), torna-se triplicado. Primeiro como prevenção ao aumento dos impactos na saúde mental relacionados à redução do bem-estar psicossocial provocado pelos efeitos do desastre natural. Segundo, protegendo as pessoas que já vivenciam demandas de saúde mental. Por fim, promovendo cuidados necessários às/aos profissionais de saúde e cuidadoras/es de modo a protegê-las/os também e permitir que possam salvaguardar e cuidar de outras pessoas. Sendo assim, a Psicologia, por meio dos primeiros socorros psicológicos e outras formas de atuação, tem como objetivo o de enfrentar estes três desafios e de fornecer respostas rápidas diante das situações de desastres.

Devido a isso, o Conselho Regional de Psicologia da Bahia tem solicitado informações acerca do atendimento de psicologia nas cidades que foram afetadas pelas enchentes.

Dentro da finalidade da autarquia, o CRP-03 tem se colocado à disposição para colaborar com ações de cuidado com a saúde mental, colocando a relevância da atuação das/os psicólogas/os frente à situação. Para tanto, chama a atenção para ampliação dos serviços psicológicos através da prática profissional remunerada, no âmbito do poder público.

 

 

Skip to content