/home/crp03/public_html/wp-content/themes/crp-03/single.php
Início  →  Notícias  →  Ciclo de debates sobre Psicologia da Saúde realiza última live com discussão sobre luta antimanicomial

Ciclo de debates sobre Psicologia da Saúde realiza última live com discussão sobre luta antimanicomial

Para finalizar o “Ciclo de Debates Psicologia da Saúde: Entre Ações e Reflexões”, o Conselho Regional de Psicologia da Bahia (CRP-03) promoveu na noite do dia 12 de maio de 2021, a última live da atividade. A discussão teve como tema norteador Psicologia da Saúde e (R)Existências da Luta Antimanicomial com organização do Grupo de Trabalho Psicologia da Saúde (Alagoinhas). As/os palestrantes do evento transmitido pelo Youtube foram os psicólogos Moacir Lira de Oliveira (CRP-03/2373), Samuel Pereira da Costa (CRP-03/12379), e a graduanda em Psicologia, Helena Alencar Lins. A técnica do Centro de Referência Técnica em Psicologia e Políticas Públicas do CRP-03 (CREPOP-03), Gabriela Evangelista Pereira, mediou a transmissão.

Para abrir as falas, o psicólogo Moacir Lira de Oliveira, membro da Equipe de Atenção Integral à Saúde do Núcleo Regional de Saúde-NRS/Nordeste/SESAB, trouxe para debate, os impactos da pandemia de COVID-19, nas formas de trabalho, convivência, produção em saúde e assistência nos dispositivos da Rede de Atenção Psicossocial (RAPS) da região. “As oficinas terapêuticas ficaram comprometidas. Hoje nós estamos em uma modelo muito mais ambulatorial e temos ouvido nas falas das/os usuárias/os e das/os familiares, a falta que estes serviços têm feito”, sinalizou, Moacir. O profissional também destacou os desafios enfrentados no cenário atual de retrocessos, no âmbito da saúde mental: “Cuidar em liberdade de maneira intersetorial, articulada, com grande afetividade e respeito aos direitos das pessoas é o grande desafio para reconstruirmos essa saúde mental em tempos de conservadorismo”.

Membro do GT Psicologia da Saúde, o psicólogo Samuel Pereira da Costa falou sobre a importância do autocuidado, além pontuar que muitas pessoas estão fragilizadas neste momento pandêmico: “O eu ainda está frágil e aí vem o humor triste, a solidão, o sentimento de desesperança, o luto e ainda temos que criar estratégias em pandemia de como vivenciar esses lutos”. Já a graduanda em Psicologia, Helena Alencar Lins comentou a respeito das mudanças no formato das aulas presenciais para aulas à distância, e reiterou que cada pessoa tem uma forma de lidar com as mudanças impostas pela pandemia.

O Ciclo de Debates Psicologia da Saúde: Entre Ações e Reflexões faz parte da campanha de maio, do CRP-03, Psicologia, Políticas Públicas e Direitos Humanos. Para assistir ao vídeo clique na imagem abaixo:

Skip to content