/home/crp03/public_html/wp-content/themes/crp-03-2023/single.php

Campanha reafirma importância da Psicologia na rede pública de educação básica

Publicado em 09 fevereiro de 2022 às 18:55

Campanha reafirma importância da Psicologia na rede pública de educação básica

Pelo segundo ano consecutivo, o Conselho Regional de Psicologia da Bahia (CRP-03), por meio da Comissão de Educação (CEDUC) realiza em fevereiro a campanha “A Psicologia na rede pública de educação básica: fazeres e mobilizações!”. O calendário de eventos on-line desta campanha será divulgado em breve no site e nas redes sociais do Conselho. Participe deste debate!

A iniciativa tem a finalidade de ampliar o diálogo com a categoria e sociedade civil sobre a implementação da Lei Nº 13.935, que dispõe sobre a inserção de psicólogas/os e assistentes sociais na rede pública de educação básica. A campanha também pretende impulsionar as mobilizações para efetivação da lei, além de explicar os fazeres psi determinados nesta área de atuação.

A campanha destaca a importância da mobilização de todas/os para implementação da lei em todos os estados e municípios.

Desafios para efetivação da Lei nº 13.935/2019

Após 20 anos de muita mobilização, a Lei nº 13.935/2019 foi aprovada, determinando que o Poder Público assegure o atendimento psicológico e socioassistencial às alunas e aos alunos da rede pública de educação básica.

Apesar de toda luta, duas décadas depois, a prestação de serviços de psicologia e de serviço social nas redes públicas de educação básica ainda enfrenta desafios no Brasil, inclusive com tramitação de projetos na Câmara dos Deputados e no Senado Federal que colocam em risco a legislação.

Psicologia e Serviço Social são profissões da educação

Em 2021, foram intensos os debates em torno do Projeto de Lei 3418/2, que atualiza a regulamentação do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Ocorreram diversas mobilizações para garantir a presença de profissionais da Psicologia e do Serviço Social no Fundeb. Em 27/12/2021, o PL foi transformado na Lei Ordinária 14276/2021.

Assim, o CRP-03 segue atento à pauta, reconhecendo que psicólogas/os e assistentes sociais são profissionais da educação, afinal esta defesa é uma maneira de proteger a vida das pessoas que estão na educação básica.

Compartilhe este conteúdo nas redes

Mais Posts

Brasil tem mais de 1,69 milhão de pessoas que se declaram indígenas

No ano de 1943 foi publicado o Decreto-Lei Nº 5.540, emitido pelo então Presidente da República Getúlio Vargas, que estabelecia […]

Conselho emite nota sobre campanhas de marketing acerca da não necessidade do atendimento psicoterapêutico

O Conselho Regional de Psicologia da Bahia (CRP-03), autarquia federal criada pela Lei 5.766 de 20 de dezembro de 1971, […]

CRP-03 realiza live sobre a Psicologia no CAPS e sua importância na Reforma Psiquiátrica

O Conselho Regional de Psicologia da Bahia (CRP-03), por meio da Comissão de Políticas Públicas (CPP), Comissão de Saúde e […]

Assine nossa news

Faça o seu cadastro agora e receba o boletim
eletrônico do CRP-03 em seu e-mail.

Pular para o conteúdo