/home/crp03/public_html/wp-content/themes/crp-03/single.php
Início  →  Notícias  →  Campanha do CRP-03 para o mês de março traz discussão sobre direitos das mulheres

Campanha do CRP-03 para o mês de março traz discussão sobre direitos das mulheres

Atividades chamam atenção para vulnerabilidades em tempos de pandemia

Para dar continuidade à realização de ações mensais com temas relevantes para a categoria e sociedade, o Conselho Regional de Psicologia da Bahia (CRP-03) lança em março, a campanha Mulheres em movimento por políticas públicas, empregabilidade, saúde e fim da violência. A campanha é organizada pela Comissão Mulheres e Relações de Gênero (COMREG), Comissão de Direitos Humanos (COMDH), e envolve toda a gestão do Conselho comprometida com a luta pelos direitos das mulheres, nos quatro cantos da Bahia.

O objetivo principal da campanha é debater e chamar atenção para a violação de direitos como acesso ao atendimento em saúde, assistência social, moradia, condições de empregabilidade, mobilidade e a uma vida sem violência, em um cenário de pandemia de COVID-19. Segundo a COMREG, além de estarem na linha de frente do atendimento em saúde, as mulheres ainda assumem as tarefas de cuidado no lar durante o isolamento social, enfrentam condições precárias no trânsito para o trabalho e nas suas funções laborais sem deixar de pontuar suas marcas sociais que as deixam mais vulneráveis por serem negras, indígenas, mulheres com deficiência, idosas, lésbicas, bissexuais, entre outras.

De acordo com a coordenadora da COMREG, Darlane Andrade (CRP-03/3187), as psicólogas também sentiram bastante os efeitos da pandemia repercutirem nas suas vidas pessoais e na atuação profissional. A psicóloga ainda frisa que a categoria é formada eminentemente por mulheres e é importante olhar esta condição em uma perspectiva de gênero e feminista. “O feminismo, como movimento social historicamente, vem lutando pela igualdade de direitos, pela igualdade de gênero e fim das violências que vêm sendo forjadas em uma cultura ainda machista e patriarcal. Compreender esta lógica é um grande passo para buscarmos mudanças de perspectivas”, afirmou Darlane.

Campanha tem programação especial

“O mês inteiro de programação se faz necessário pelo importante significado de lutas e conquistas de direitos que nós mulheres vivenciamos há séculos. Esse é o intuito da campanha e da programação de março, nos fazer lembrar, enquanto mulheres e profissionais da psicologia, a necessidade de pautarmos temáticas tão caros a nós”, afirmou a coordenadora do Grupo de Trabalho Relações de Gênero e Psicologia, Suzana Costa (CRP-03/15632).

Atividades previstas:

8 de março – Participação no 8M em atividade virtual.

8 de março – Participação na marcha das mulheres em Feira de Santana.

25 de março – Participação do GT Políticas para mulheres, de Feira de Santana, em evento na FTC para bate-papo sobre direitos das mulheres.

A programação ainda está em construção. Todos os eventos serão informados nas mídias do CRP-03.

Materiais de referência sobre a temática

O Sistema Conselhos de Psicologia possui diversos materiais de orientação para atuação com as mulheres, desde resoluções até outras publicações. O CRP-03 também produziu referências importantes sobre o assunto. A biblioteca do CRP-03 trouxe também estratégias de busca sobre o dia 8 de março no Repositório de estratégias de busca na BVS – REFNET. Confira:

Página Comissão de Mulheres e Relações de Gênero do CRP-03 (COMREG)

Livro Gênero na Psicologia: Transversalidades

Referências técnicas para atuação de psicólogas/os em Programas de Atenção à Mulher em situação de Violência

Resolução CFP que estabelece normas de exercício profissional da Psicologia em relação às violências de gênero

Estratégia de busca 08 de março, Dia internacional de luta pela vida das mulheres

Skip to content