/home/crp03/public_html/wp-content/themes/crp-03-2023/single.php

ORIENTATIVO DE PRÁTICAS DAS PSICÓLOGAS E PSICÓLOGOS DO SISTEMA PENITENCIÁRIO DE MATO GROSSO: INTERFACES COM A SAÚDE E A JUSTIÇA

Publicado em 25 abril de 2023 às 18:59

Orientativo de práticas das psicólogas e psicólogos do Sistema Penitenciário de Mato Grosso: interfaces com a saúde e a justiça

Autora

CRP-MT

Publicação

2022

Páginas

106

Disponibilidade

Disponível na Biblioteca CRP-03

Forma de Aquisição

Doação

Instituição

CRP-MT

Resumo:

O material é fruto de uma ampla discussão sobre a prática das(os) psicólogas(os) atuantes no Sistema Penitenciário Brasileiro, com base nas práticas desenvolvidas em Mato Grosso. Para possibilitar a pesquisa e discussão, serviram de referência as diversas narrativas e reflexões construídas pelas(os) profissionais a partir da criação de um Grupo de Trabalho específico. O Orientativo traz informações importantes sobre a contextualização do Sistema Penitenciário no estado de Mato Grosso; a distribuição das(os) psicólogas(os); fundamentos legais sobre a Psicologia no Sistema Prisional; práticas da Psicóloga na interface com a Justiça e de Assistência à Saúde Integral das Pessoas Privadas de Liberdade; projetos de ressocialização; além das contribuições da Psicologia na Escola Penitenciária e na Fundação Nova Chance(FUNAC).

Descrição:

Compartilhe este conteúdo nas redes

Mais Novas Aquisições

A PSICOLOGIA E O TRABALHO NA ATENÇÃO BÁSICA À SAÚDE

A publicação é resultado de uma pesquisa desenvolvida pelo CRP-MG, por meio do Crepop e da Comissão de Psicólogas(os) de Saúde, em colaboração com a Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM) e busca investigar as especificidades e os desafios de categoria que trabalha na Atenção Básica de Saúde de Minas Gerais.

LIVRO DA PRIMEIRA CONFERÊNCIA: O TRABALHO DA PSICOLOGIA NA SOCIOEDUCAÇÃO NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

A prática na Socioeducação é um desafio que se coloca cotidianamente à/ao profissional da Psicologia. Esta publicação é o resultado de uma construção coletiva, pensada e organizada por psicólogas/os que estão envolvidos profissionalmente na política da Socioeducaçãoe tem o objetivo de servir como norteador ético-político ao exercício da/o profissional de Psicologia que trabalha na execução das medidas socioeducativas no meio fechado, aberto e em situações de acautelamento provisório.

PSICOLOGIA E SERVIÇO SOCIAL NA EDUCAÇÃO BÁSICA: LEI Nª 13.935/2019, ESSA LUTA TEM HISTÓRIA!

O Conselho Federal de Psicologia (CFP) apresenta à categoria e à sociedade a cartilha “Psicologia e serviço social na educação básica: Lei nª 13.935/2019, essa luta tem história!”. Com a aprovação da Lei nº 13.935/2019, toda a rede pública de educação básica no país deve contar, agora, com a presença de psicólogas, psicólogos e assistentes sociais em suas equipes multiprofissionais – uma importante ferramenta para a consolidação de um ensino público inclusivo, de qualidade e garantidor de direitos.

Assine nossa news

Faça o seu cadastro agora e receba o boletim
eletrônico do CRP-03 em seu e-mail.

Pular para o conteúdo