/home/crp03/public_html/wp-content/themes/crp-03-2023/single.php

Após encontro na APAF, em Brasília, CRP-03 alinha ações para 2023

Publicado em 21 dezembro de 2022 às 14:28

Após encontro na APAF, em Brasília, CRP-03 alinha ações para 2023

Revisão da Política de Orientação e Fiscalização, elaborada pela Secretaria de Orientação e Ética (SOE); normativas referentes a racismo estrutural e institucional; diversidade sexual e de gênero; políticas para as mulheres; referências técnicas com temática de atendimento à pessoa com deficiência/surda no âmbito da Saúde: estas foram algumas demandas encaminhadas pelo Conselho Regional de Psicologia da Bahia (CRP-03) no último encontro da Assembleia de Políticas, da Administração e das Finanças (APAF), realizado em Brasília, nos dias 16 e 17 de dezembro. A presidenta do CRP-03, Catiana Nogueira (CRP-03/10974), e as/os conselheiras/os Glória Pimentel (CRP-03/8457), Washington Luan de Oliveira (CRP-03/18055), Edna Abadia (CRP-03/13485) e Alan Costa (CRP-03/19365) representaram a Terceira Região.

Na oportunidade, a conselheira Glória Pimentel, que é tesoureira do XVII plenário, expôs fatores específicos de finanças e anuidade, além de defender que o Grupo de Trabalho (GT) dessa pasta na APAF se debruçasse sobre Situações de Emergências e Desastres – tema de fundamental importância, considerando que a Bahia é um dos estados atingidos por fortes chuvas em algumas circunstâncias sazonais e a atuação da categoria é de extrema relevância.

Em sua fala, o conselheiro Washington Luan reforçou sobre o dever e compromisso do Conselho Federal de Psicologia (CFP) e do Sistema Conselhos em revisar e atualizar toda a comunicação administrativa com o objetivo de fortalecer a luta contra o capacitismo. É importante frisar que CRP-03 teve a maior mobilização para a categoria participar de uma pesquisa sobre o tema, entre todas as regionais do Brasil, de acordo com o CFP, que organizou o estudo. 

Além de colaborar em articulação às/aos outras/os representantes do CRP-03, o conselheiro Alan Costa participou do GT que analisou a nota técnica criada por outro GT, de Constelação Familiar e Incompatibilidades Éticas, proposto durante a APAF para adequar o texto e tornar possível o encaminhamento para votação, e que foi aprovado após análise e adequações.

Na ocasião, foi assinada uma carta diretrizes aos Conselho Federal e Regionais “Em defesa das Mulheres”, produzida durante o germinário “Mulheres, Psicologia e Enfrentamento às Violências”, que aconteceu em São Paulo (SP) no dia 12 de novembro deste ano. Para ter acesso ao documento, clique aqui.

Assim, o Conselho Regional da Psicologia da Bahia retornou da (APAF) com a perspectiva potencializar o trabalho a ser desenvolvido pela autarquia no ano de 2023, integrando princípios basilares de representação social e ações institucionais pelas/os psicólogas/os da Bahia.

Compartilhe este conteúdo nas redes

Mais Posts

Brasil tem mais de 1,69 milhão de pessoas que se declaram indígenas

No ano de 1943 foi publicado o Decreto-Lei Nº 5.540, emitido pelo então Presidente da República Getúlio Vargas, que estabelecia […]

Conselho emite nota sobre campanhas de marketing acerca da não necessidade do atendimento psicoterapêutico

O Conselho Regional de Psicologia da Bahia (CRP-03), autarquia federal criada pela Lei 5.766 de 20 de dezembro de 1971, […]

CRP-03 realiza live sobre a Psicologia no CAPS e sua importância na Reforma Psiquiátrica

O Conselho Regional de Psicologia da Bahia (CRP-03), por meio da Comissão de Políticas Públicas (CPP), Comissão de Saúde e […]

Assine nossa news

Faça o seu cadastro agora e receba o boletim
eletrônico do CRP-03 em seu e-mail.

Pular para o conteúdo