/home/crp03/public_html/wp-content/themes/crp-03/single.php
Início  →  Notícias  →  07 de fevereiro: Dia Nacional da Luta dos Povos Indígenas

07 de fevereiro: Dia Nacional da Luta dos Povos Indígenas

Hoje é o Dia Nacional da Luta dos Povos Indígenas. Lutas que ocorrem, principalmente, pelo bem viver.

Sob ataque constante, os povos originários seguem com a sobrevivência física e cultural em risco.

Dados da Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI), divulgados pelo portal R7 nesta segunda-feira (07/02), dão conta que, em 2021, 486 crianças indígenas de 0 a 5 anos morreram no Brasil. De 2018 a 2021, são mais de mais de 3000 mortes nessa faixa etária (3.126).

Frente às gravíssimas violações aos direitos dos povos indígenas no Brasil, que ocorrem há mais de 500 anos, é imprescindível reiterar a importância da resistência.Neste sentido, o 07 de fevereiro é uma homenagem a Sepé Tiaraju, líder indígena que teve papel fundamental na luta contra a invasão espanhola e portuguesa da Colônia de Sete Povos das Missões, no Rio Grande do Sul. Sepé Tiaraju liderou uma revolta contra o Tratado de Madri que definia limites de exploração das colônias sul-americanas, entre Portugal e Espanha.

O Conselho Regional de Psicologia da Bahia (CRP-03) chama a atenção para a importância da garantia do bem-viver dos povos indígenas, colocando-se a favor do respeito ao território, ancestralidade e coletividade dos povos tradicionais brasileiros e o cuidado à saúde mental.

Para tanto, destaca a publicação do Centro de Referência Técnica em Psicologia e Políticas Públicas (CREPOP), com o tema “Referências Técnicas para atuação de psicólogas(os) com Povos Tradicionais”. O documento pode ser encontrado no site do Conselho Federal de Psicologia com download gratuito.

ESTRATÉGIA DE BUSCA

Para a data, a Biblioteca do CRP-03 compartilha estratégia de busca com resultados no REFNET.

Link: https://bvsalud.org/queries/search_strategy/prioridades-de-saude-no-brasil-fortalecer-a-protecao-promocao-e-recuperacao-da-saude-indigena/?l=pt_BR&se=indigena

Baixe aqui.

Skip to content