/home/crp03/public_html/wp-content/themes/crp-03-2023/single.php

Saúde mental da população negra é afetada diretamente pelo racismo

Publicado em 27 outubro de 2022 às 08:30

Saúde mental da população negra é afetada diretamente pelo racismo

O Dia Nacional de Mobilização Pró-Saúde da População Negra pretende conscientizar e mobilizar todas/os as/os profissionais da área de saúde para as demandas que são específicas da população negra. Em maio de 2009, o Ministério da Saúde lançou a Portaria n° 992 que instituiu a Política Nacional de Saúde Integral da População Negra (PNSIPN). A criação da política foi pensada para “combater a discriminação étnico-racial nos serviços e atendimentos oferecidos no Sistema Único de Saúde, bem como promover a equidade em saúde da população negra”. É importante destacar a luta do movimento negro nessa conquista.

Doenças como a anemia falciforme, diabetes mellitus, doença hipertensiva específica da gravide, e hipertensão arterial são mais comuns na população negra. Estudos apontam que óbitos por causas evitáveis também ocorrem mais com a população negra. Em relação às mulheres negras, elas são as maiores vítimas de feminicídio, violência doméstica e obstétrica, além da mortalidade materna no Brasil.

É importante lembrar que a saúde mental desta população é afetada diretamente pelo racismo estrutural. Uma pesquisa feita pelo Ministério da Saúde, divulgada em 2019, apontou que nos últimos anos, jovens negros de até 29 anos de idade foram as pessoas que mais cometeram suicídio no país.  A pesquisa também informa que estes jovens possuem 45% a mais de chance de desenvolver depressão do que os jovens brancos.

A Psicologia tem um papel importante na luta contra o racismo e na promoção de uma saúde mental comprometida com uma atuação ética.  Ainda que recente, a ciência que já esteve a serviço da elite, tem trazido transformações importantes para a temática. O Conselho Federal de Psicologia (CFP) produziu em 2002, uma resolução que estabelece normas de atuação para as/os psicólogas/os em relação ao preconceito e à discriminação racial. Esta é uma pauta fundamental em todo o Sistema Conselhos de Psicologia. No âmbito regional, o CRP-03 disponibiliza materiais e promove eventos sobre o assunto.

Confira alguns vídeos no nosso canal do Youtube:

Práticas de valorização da vida: Saúde Mental da População Negra importa.

https://www.youtube.com/watch?v=yHUfqOqWuS8&t=37s

#Sextou com CRP-03 – Saúde da população negra em tempos de COVID-19.

https://www.youtube.com/watch?v=R_a9mm0ch1U

Saúde Mental das mulheres negras na pandemia e os desafios para a Psicologia.

https://www.youtube.com/watch?v=hqp9VICDw3A&t=4225s

Julho das pretas: saúde mental, relações raciais e subjetividade das mulheres negras na pandemia.

https://www.youtube.com/watch?v=Bs5RZIil9Dg

Compartilhe este conteúdo nas redes

Mais Posts

II COMIGRAR: CFP realiza conferência livre sobre Psicologia no contexto de migração, refúgio e apatridia

Psicólogas e psicólogos têm até 3 de março para efetivar inscrição exclusivamente por formulário eletrônico O Conselho Federal de Psicologia […]

Penalidades públicas da Comissão de Ética do CRP-03

O Conselho Regional de Psicologia da Bahia (CRP-03) informa sobre penalidades públicas da Comissão de Ética da autarquia: Processo Ético […]

CRP-03 anuncia seleção para vaga de estágio em Secretariado Executivo

O Conselho Regional de Psicologia – CRP 3ª REGIÃO (CRP-03)torna pública a realização de processo seletivo para preenchimento de 01 […]

Assine nossa news

Faça o seu cadastro agora e receba o boletim
eletrônico do CRP-03 em seu e-mail.

Pular para o conteúdo