/home/crp03/public_html/wp-content/themes/crp-03/single.php
Início  →  Notícias  →  Dia de Luta e Resistência dos Povos Indígenas

Dia de Luta e Resistência dos Povos Indígenas

Em um contexto de violações contínuas, é imprescindível reiterar que vidas indígenas importam. Para tanto, é urgente que todas e todos assumam, de fato, um compromisso social com a luta contra o genocídio indígena.

De acordo com os dados do Censo 2010 do IBGE, no Brasil vivem 896.917 pessoas que se declaram como indígenas. Desse total de pessoas, 57,7% vivem em terras indígenas oficialmente reconhecidas. Esperamos o Censo em 2022, mas desde 2010 a Bahia é um dos estados brasileiros que mais possui povos indígenas.

Considerando que o enfrentamento pela vida indígena e pelo Bem Viver é cotidiano, a Psicologia Brasileira precisa se colocar atenta, ativa e sensível no que diz respeito à atenção psicossocial aos povos originários.

Neste sentido, o Conselho Regional de Psicologia da Bahia reitera a necessidade de ampliação do diálogo do Sistema Conselhos de Psicologia com as populações indígenas, levando em consideração a diversidade étnico-cultural brasileira, em seus aspectos relacionados à identidade, memória e história. É dever ético e político a atuação de psicólogas/os junto aos povos Indígenas, de modo contribuir para a superação do racismo e a não folclorização dos povos indígenas. Hoje é dia de luto e luta!

Skip to content