/home/crp03/public_html/wp-content/themes/crp-03-2023/single.php

REFERÊNCIAS TÉCNICAS PARA ATUAÇÃO DE PSICÓLOGAS(OS) NA POLÍTICA DE SEGURANÇA PÚBLICA

Publicado em 14 dezembro de 2022 às 19:01

REFERÊNCIAS TÉCNICAS PARA ATUAÇÃO DE PSICÓLOGAS(OS) NA POLÍTICA DE SEGURANÇA PÚBLICA

Autora

CFP

Publicação

2020

Páginas

156

Disponibilidade

Disponível na Biblioteca CRP-03

Forma de Aquisição

Doação

Instituição

CFP / CREPOP

Resumo:

O Conselho Federal de Psicologia (CFP) apresenta à categoria e à sociedade o documento “Referências Técnicas para atuação de psicólogas(os) na política de Segurança Pública”, produzido no âmbito do Centro de Referência Técnica em Psicologia e Políticas Públicas (CREPOP). Esse documento tem como objetivo discutir a situação da política de segurança pública no Brasil, traçando uma crítica à atual política criminal e aos fenômenos atuais de militarização e judicialização da vida. Nesse sentido, ao abordar temas como letalidade, genocídio da população negra, hipertrofia do aprisionamento e discursos de ódio, procura localizar princípios importantes para a atuação da Psicologia, como defesa da democracia, Direitos Humanos e participação popular, tomando-os como ancoragens importantes que demarcam o compromisso social da Psicologia.

Descrição:

Compartilhe este conteúdo nas redes

Mais Novas Aquisições

A PSICOLOGIA E O TRABALHO NA ATENÇÃO BÁSICA À SAÚDE

A publicação é resultado de uma pesquisa desenvolvida pelo CRP-MG, por meio do Crepop e da Comissão de Psicólogas(os) de Saúde, em colaboração com a Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM) e busca investigar as especificidades e os desafios de categoria que trabalha na Atenção Básica de Saúde de Minas Gerais.

LIVRO DA PRIMEIRA CONFERÊNCIA: O TRABALHO DA PSICOLOGIA NA SOCIOEDUCAÇÃO NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

A prática na Socioeducação é um desafio que se coloca cotidianamente à/ao profissional da Psicologia. Esta publicação é o resultado de uma construção coletiva, pensada e organizada por psicólogas/os que estão envolvidos profissionalmente na política da Socioeducaçãoe tem o objetivo de servir como norteador ético-político ao exercício da/o profissional de Psicologia que trabalha na execução das medidas socioeducativas no meio fechado, aberto e em situações de acautelamento provisório.

PSICOLOGIA E SERVIÇO SOCIAL NA EDUCAÇÃO BÁSICA: LEI Nª 13.935/2019, ESSA LUTA TEM HISTÓRIA!

O Conselho Federal de Psicologia (CFP) apresenta à categoria e à sociedade a cartilha “Psicologia e serviço social na educação básica: Lei nª 13.935/2019, essa luta tem história!”. Com a aprovação da Lei nº 13.935/2019, toda a rede pública de educação básica no país deve contar, agora, com a presença de psicólogas, psicólogos e assistentes sociais em suas equipes multiprofissionais – uma importante ferramenta para a consolidação de um ensino público inclusivo, de qualidade e garantidor de direitos.

Assine nossa news

Faça o seu cadastro agora e receba o boletim
eletrônico do CRP-03 em seu e-mail.

Pular para o conteúdo